Malásia liderará novos projetos globais de gás offshore

A Malásia deve contribuir com cerca de 12% ou 3,1 bilhões de pés cúbicos (bcf) da produção global de gás natural em 2025 dos principais projetos offshore planejados e anunciados que devem iniciar operações entre 2021 e 2025, de acordo com pesquisa da GlobalData.

A Malásia deve contribuir com cerca de 12% ou 3,1 bilhões de pés cúbicos (bcf) da produção global de gás natural em 2025 dos principais projetos offshore planejados e anunciados que devem iniciar operações entre 2021 e 2025, de acordo com pesquisa da GlobalData.

Espera-se que um total de 19 projetos de gás natural comecem a operar na Malásia durante 2021-2025. Destes, Kasawari, Jerun e B14 são alguns dos principais projetos que deverão contribuir coletivamente com cerca de 50% da produção de gás natural do país em 2025, disse a GlobalData em seu último relatório.

A GlobalData espera 2 bcf de produção de gás natural na Malásia em 2025 de projetos planejados com planos de desenvolvimento identificados, enquanto 1 bcf é esperado de projetos anunciados em estágio inicial que estão passando por estudos conceituais e devem obter aprovação para desenvolvimento.

A GlobalData identifica o Irã como o segundo maior país globalmente, com 2,70 bcf de produção de gás natural em 2025 ou cerca de 11% da produção total de gás natural no ano. O Catar segue com uma produção de gás natural de 2,67 bcf de projetos offshore planejados e anunciados em 2025.

Entre as empresas, Qatar Petroleum, National Iranian Oil Co e Royal Dutch Shell Plc lideram globalmente com a maior produção de gás natural offshore de 2,6 bcf, 2,4 bcf e 1,2 bcf respectivamente, em 2025 de projetos planejados e anunciados.

Source: Energyvoice

Leave a Reply