Deepwater Sepia FPSO inicia operações offshore no Brasil

A Petrobras iniciou a produção de óleo e gás por meio do FPSO Carioca, o primeiro flutuador do campo de Sépia, na bacia do pré-sal de Santos.

A plataforma, afretada à Modec, está atracada a 200 km (124 mi) da costa do estado do Rio de Janeiro, em lâmina d’água de 2.200 m (7.218 pés). Ele é projetado para processar até 180.000 b / d de óleo e comprimir até 6 MMcm / d de gás.

Sete poços produtores e quatro injetores serão interligados ao FPSO, com óleo escoado para petroleiros e gás exportado por rotas de gasoduto do pré-sal.

Os equipamentos de bordo incluem um sistema para retirar o CO2 do gás produzido e reinjetá-lo no reservatório, limitando a liberação de dióxido de carbono para a atmosfera e, ao mesmo tempo, melhorando a recuperação do petróleo.

O reservatório compartilhado de Sépia compreende os campos Sépia e Sépia Leste nas áreas de Transferência de Direitos e Concessão (BM-S-24), ambos operados pela Petrobras (97,6%), em parceria com a Petrogal Brasil (2,4%).

Source: Offshore-Mag

Leave a Reply