Consórcio liderado pela Tecnimont ganhou um contrato EPC de US$ 2,3 bilhões pela SONATRACH na Argélia

A MAIRE anunciou que um consórcio composto pela sua subsidiária Tecnimont (Integrated E&C Solutions) e pela Baker Hughes obteve pela SONATRACH um contrato de Engenharia, Procurement e Construção (EPC) para a implementação de três estações de pressurização de gás e a modernização do sistema de recolha, localizado no campo de gás Hassi R’mel, 550 quilómetros a sul de Argel. O campo de gás é o maior da Argélia e um dos maiores do mundo. O valor total do contrato é de cerca de US$ 2,3 bilhões, dos quais US$ 1,7 bilhão referem-se à Tecnimont.

O âmbito do projecto prevê a implementação de três estações de pressurização de gás, incluindo turbocompressores que irão comprimir cerca de 188 milhões de metros cúbicos padrão por dia de gás natural. Além disso, o projecto implica a modernização do sistema de recolha de gás existente, que inclui mais de 300 km de linhas de fluxo que ligam os poços. A conclusão do projeto está prevista para 39 meses a partir da data de vigência do contrato.

As estações de pressurização, juntamente com o sistema de recolha, manterão a pressão do gás à medida que este percorre os gasodutos, permitindo-lhe continuar a fluir de forma mais eficiente e garantindo um fornecimento fiável e ininterrupto de gás natural a Itália e, posteriormente, à Europa como país todo. Com este contrato, a MAIRE confirma a sua posição como um player-chave de engenharia em projetos estratégicos de energia, contribuindo significativamente para a otimização do fornecimento de gás da Argélia, diversificando assim as fontes de energia da Itália e da Europa. Esta iniciativa consolida as relações entre os dois lados do Mediterrâneo, reforçando a cooperação UE-África.

Alessandro Bernini, CEO do grupo MAIRE, comentou: “Após a adjudicação da planta de alquilbenzeno linear (LAB) na zona industrial de Skikda em março passado, a SONATRACH mais uma vez confia nas capacidades de execução do nosso Grupo. O desenvolvimento deste novo projecto crucial fortalece a nossa relação com a SONATRACH e, mais importante ainda, as relações bilaterais entre a Itália e a Argélia. Este prémio representa, de facto, um forte reconhecimento de toda a cadeia de valor italiana, tendo a Baker Hughes como parceira e, de forma mais ampla, um importante impacto económico no nosso país”.

Source: Maire

Leave a Reply