Egito assinou oito contratos de exploração e pesquisa, valendo USD 934 milhões, após um esforço para atrair novos participantes para desenvolver seu crescente mercado de gás.

Os acordos foram assinados pela estatal Egyptian Natural Gas Holding Company (EGAS) na semana passada.

Desde a adoção de uma estrutura para desenvolver e monetizar o gás natural, há mais de meia década, o produtor norte-africano tem testemunhado níveis crescentes de produção de gás, traduzindo-se em autossuficiência nacional de gás e exportação de gás na região.

Segundo Magdy Galal, diretora da EGAS, foram assinados US $ 65 milhões em bolsas, além dos investimentos em pesquisa e exploração. Além disso, a empresa está finalizando seis outros acordos que abrangem até US $ 731 milhões em investimentos.

Estabelecido em 2001, EGAS atualmente detém uma participação em 37 outros acordos de exploração.

Fonte: Africa Oil and Power

Leave a Reply